artists: a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9

quem esteve lá… sabe lyrics – jigaboo

[verso 1]
tudo que eu quero eu posso buscar
eu espero, eu quero, eu vou encontrar
não tava, me solta, me deixa ganhar
não vem que não que não tem pra ninguém
além do mais, nada me detém
eu vou a milhão, ninguém me para não
mais um pano que eu vou dialogando com o mano
minha ideia, firmeza, não vou no engano
tudo pode, vale, quando você quer mudar
vai fundo, maluco, é só acreditar
pode crer, mano, tudo pode transformar

[verso 2]
eu tô ligado, ligeiro no seu movimento
cada vacilo seu eu tô atento
os home na cola, você não decola
na hora agá, quando rodar, sem caguetar
segura o bo se o bicho rodar
se liga na fita, se liga no que eu digo
vai tomar um montão no pé do ouvido
não insista, desista, baixa a crista
pode mudar, é só você chegar
aí, joe, não vai na cilada
merreca não vale nada
sua família, prenda mais sagrada

[verso 3]
pressão total em cima d’um paga pau
tempo maluco, me deixa pensar
segura tua onda e não vem me zuar
entro no jogo, não vai negar fogo
sujo na quebrada, não tem mais jeito
zé mané, qualé do seu conserto
chega metendo mala, falando um montão
reclamando que tá sem um puto no bolso
mas não vai se atirar no fundo do poço
então, irmão, dá um tempo do canhão
conheça seu direito como cidadão

[refrão 2x]
depois que caio lá
não adianta chorar
quem teve lá, sangue bom
sabe que não é bom
nunca mais quer voltar

[verso 4]
bola aqui
mano, chega aí
pra quem fica só pagando de bandido, fala aí
febem, carandiru, quem diria
isso não é ilha da fantasia
várias fita, vários camarada
vários artigo, várias parada errada
você ouve tudo, vê tudo
finge ser surdo, segue mudo
não é mole sangue bom, cê não vai querer ver
maluco te chamando de cadáver
sabendo que podia tá la fora pampa
curtindo uma mina da hora
mãe falou, mãe chorou, implorou
você simplesmente ignorou
agora tá pagando mó veneno
dorme de olho aberto pra não ficar pequeno

[refrão 2x]
depois que caio lá
não adianta chorar
quem teve lá, sangue bom
sabe que não é bom
nunca mais quer voltar

[verso 5]
corre
isso é uma arma pra lutar
usando a palavra sem medo de errar
de tudo que vejo ainda posso falar
aliado da verdade, pode acreditar
a sede de justiça é crescente
ninguém pra ajudar tanta gente inocente
o sistema vem armado
quer deixar totalmente amarrado

[verso 6]
às vezes o pânico chega bem perto
pesadelo de olho aberto
chegou no fim da linha
saída não tem
pedir pra quem
esperar de quem
só deus merece confiança
única esperança
pra ele todos são iguais
pra ele eu peço a paz
meu mano, tem hora que me sinto inconsolável
baixo astral inevitável
terro tem, quantos você quiser
tem de hoje e até de amanhã
essa é a real da periferia
ficando pior a cada dia
não por quem é de lá
posso te -ssegurar
pra que zuar o teu lugar de morar
o mal vem de fora estrategicamente
pra derrubar o que tiver pela frente
uns até consegue se livrar
pode ser sorte ou sei lá
só sei que má intenção eles têm
veneno quando vem, não escapa ninguém
então vamo fazer nossa voz incomodar
sem parar de falar

[refrão 2x]
depois que caio lá
não adianta chorar
quem teve lá, sangue bom
sabe que não é bom
nunca mais quer voltar

- jigaboo